Pular para o conteúdo principal

Frankenstein (Mary Shelley) Minha Resenha um pouco diferente

Creio que muitas resenhas já foram escritas sobre o famoso livro da escritora alemã Mary Shelley, Frankenstein ; digo do ponto de vista literário, pois bem, minha resenha será um pouco diferente.Desde criança me fascina esse livro, e somente nos dias atuais que li, e essa descoberta de fascínio sobre a obra foi aos 13 anos, e aconteceu em sala de aula, em um livro de português que dentro havia um trecho do livro no qual o Victor Frankiestein relata sua narrativa : - " Vi como o belo corpo humano se degradava e se consumia; observei a corrupção da morte vencer a face exuberante da vida; vi como os vermes herdavam as maravilhas dos olhos e do cérebro etc." Ao ler este trecho fiquei curiosa e fascinada, queria muito lê, mas infelizmente na época fui privada de obter essa obra, por motivos financeiros no qual minha família passou nesse tempo, e diante da ausência de ler esta obra, meu refúgio era a pequena Biblioteca da escola onde estudava.
Hoje possuo uma pequena coleção de livros em casa , e com destaque para a Literatura clássica Européia, e tenho o livro Frankenstein no meio dos outros livros.

A Estória inicia com a narrativa do Sr. Walton em cartas escritas para sua irmã Margareth, esse senhor reclama da ausência de um amigo verdadeiro,o navio alugado por ele com o objetivo de ir à mares distantes com uma tripulação de marinheiros selecionados é o início de uma descoberta que ele almeja, entretanto, no meio do deserto de gelo ele encontra e conhece victor, debilitado e quase congelando, Sr. walton e seus marinheiros cuidam dele e dão abrigo e logo se tornam amigos, ambos começam a contar suas paixões, e victor inicia sua narrativa e o motivo de ter ido parar ali nos confins em busca de um demônio que ele criara e dera fôlego, e sobre sua vida ter se desgraçado por causa do monstro, Sr. walton o ouve atentamente sua estória.

O Livro traz uma estória narrada pelos três personagens: Sr.Walton, Victor e o monstro, no livro predomina a arte gótica, e com tantos acontecimentos trágicos em torno daqueles que victor tanto estima, causados pelo monstro que ele criou em sua infâme paixão, que desencadeia uma perserguiçao entre ele e sua criatura , a qual chama de demônio. Victor demonstra repulsa e terror ao monstro diante de sua lúgubre deformidade, por isso o monstro se torna um vil assassino por conta do desprezo de seu criador. Percebi que o monstro quer afeto e proteção de victor, mas este mesmo se nega a conceder por repulsa e desprezo.

Os trechos no qual victor narra os passeios aos lugares lindos na companhia do amigo Clerval, São dignos de serem lidos, e as visitas aos campis da grandes universidades de oxford, e o monte Mont Blanc, e há também o passeio a barco com a Elizabeth que é a noiva de Victor, na villa lavenza, achei lindo e perfeito. Devo confessar que sentir uma paixão mútua e um certo galanteio nas palavras do monstro, em sua narrativa à victor, contando sua vida após ter fugido de seu laboratório, e de como sofreu rejeição das pessoas, e  também o modo como estava sobrevivendo. Depois que li a narrativa do monstro , veio de súbito a seguinte reflexão: este demônio merecia um oscar, tanto pelo final tão cruel e desolador, e por sua tenra vontade em querer o afeto do seu criador.




Editora: Nova Fronteira
Autora: Mary Shelley
Foto do livro: Arquivo pessoal
Foto do monstro e da Mary shelley: retiradas do yahoo images

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bilhões e Bilhões - Reflexões sobre a vida e a Morte na virada do Milênio, de Carl Sagan

Bilhões e bilhões foi o último livro escrito pelo Cosmológo e Cientista Carl Sagan (1936-1996), antes de falecer em 1996. O Cientista traz explicações e reflexões acerca de vários assuntos que inclui desde ciência, religião,  o cosmo, aborto, e fala sobre o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio na terra, faz duras críticas aos conservadores e nos mostra soluções e caminhos para conservar e proteger o planeta Terra. 

Ele fala sobre o aborto e traz uma excelente explicação com ilustrações e com base científica acerca dos fetos e os movimentos Pró-escolha e Pró-vida, e faz novamente duras críticas a sociedade conservadora e suas vaidades, e enaltece o empoderamento feminino das mulheres na sociedade. E mostra alguns de seus artigos que foram escritos científicos para a revista Parade e faz uma reflexão esplêndida sobre o século XX e os principais acontecimentos que ocorreram na história da humanidade, desde o surgimento dos planetas, os feitos da humanidade e suas catástro…

(Resenha) Hannibal - A Origem do Mal

Em Hannibal - A Origem do Mal, o autor nos leva para conhecer o passado do canibal mais aterrorizante (e admirado também, é claro.) dessa saga de livros best sellers do Thomas Harris.
A história do Dr. Lecter se passa durante a segunda guerra mundial na região dos Balcãs, ainda garoto aos treze anos de idade. A família Lecter vive os horrores da guerra com a invasão do exército nazista nos Balcãs, seu pai, o conde Lecter resolve fugir com a família, mas infelizmente eles são mortos pelas rajadas de bombas que são lançadas pelos caças nazistas. O garoto Hannibal e sua pequena irmã Mischa, sobrevivem, e juntos vivem os horrores da guerra. Só que os dois são capturados por caçadores canibais, disfarçados de agentes da cruz vermelha, que vivem pelas redondezas saqueando as casas abandonadas e matando os fugitivos.


Famintos, por falta de alimentos, os captores cobiçam devorar a pequena mischa, e Hannibal tenta de todas as maneiras proteger a irmã, esforço em vão, eles matam-na a golpes de ma…

Resenha do Livro Como Eu Era Antes de Você ( Jojo Moyes )

Como eu era antes de você, escrito pela Inglesa jojo moyes é o tipo de livro que faz o leitor se emocionar, rir e também se chorar. Não me fez chorar,mas fiquei entristecida ao ler sobre o fim que o personagem,Will Traynor, deu à própria vida, me encantei por todos personagens que passam uma verdade absurda nos diálogos e nos acontecimentos em torno da estória. O livro é sensacional e faz com que o leitor se imagine em cada cenário descrito no livro. Eu amei.
Louisa Clark, é demitida do emprego pelo patrão Frank, que fecha o café onde trabalha, e Lou se vê  aflita por ter acontecido isso ,sendo que ela ajuda sua família em casa com as despesas do lar. Lou é jovem, alegre e tagarela, e acaba encontrando um trabalho de cuidadora de um jovem tetraplégico, Will Traynor Rico e muito mal humorado- que sofreu um acidente no qual a moto o atropelou e deixou ele tetraplègico. È contratada pela Mãe de Will,CamillaTraynor, para pôder convencer ele a desistir da eutanásia. Lou aceita o trabalho,e…