Pular para o conteúdo principal

Paraíso Perdido, de John Milton

Paraíso perdido de John Milton é um épico da mitologia cristã e foi publicado originalmente em 1667. Escrito em cânticos, o livro traz como personagem central e principal narrador de sua tragédia, Satanás.
Satanás é expulso do céu por Deus, após uma fracassada tentativa de usurpar o trono do Altíssimo com uma legião de anjos traidores. E é neste momento que o criador os arremesa nas profundezas do caos infernal.

Junto dos demais anjos traidores, satanás se torna Príncipe e rei do inferno pela sua astúcia, e arrogância ao longo da estória e também acaba se tornando um personagem carismático.
No pandemônio, ele arquiteta seus planos malignos contra Adão e Eva as novas criaturas que Deus fez, e a terra.
Durante a leitura do livro, podemos comprovar a astúcia de satanás quando ele engana até a morte e o pecado que são os guardiões dos portais infernais do orco, e faz um pacto com estes se caso seus planos na terra vingar, ele os trará para habitar na terra, e sucede que ambos concordam. Então, ele atravessa as profundezas da escuridão e aporta na terra e põe com sucesso seus planos na queda do homem ao pecado. Acredito que essa seja uma das melhores partes escritas por Milton, porque ele retrata fielmente o que seria o inferno, a queda do homem, e embeleza os demônios de uma forma que o leitor se sinta aficionados neles ao longo da leitura. Há uma grandeza nos diálogos dos demônios que nos remonta aos épicos mitológicos gregos.

O autor nos transporta para o fabuloso jardim do Éden, onde a serpente, que é o próprio satã , faz a ingênua Eva comer o fruto proibido e ainda oferece ao companheiro Adão. Esse capítulo é um dos melhores do livro.

O livro ainda traz as narrativas de Adão e Eva, Príncipe Miguel e nos mostra com tamanho embelezamento na escrita os principais eventos da Bíblia cristã. Paraíso perdido, é um clássico universal da literatura e não é a toa, pois existe algo grandioso dentro da narrativa, e um embelezamento primoroso de cada personagem.
Se eu gostei? Apaixonada!




Livro: Paraíso perdido (1667)
Autor: John Milton
Gênero: Épico cristão
Avaliação: Maravilhoso
Editora: formato ebook /pdf
Número de páginas: 457
foto: Gustavo Dorè
  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bilhões e Bilhões - Reflexões sobre a vida e a Morte na virada do Milênio, de Carl Sagan

Bilhões e bilhões foi o último livro escrito pelo Cosmológo e Cientista Carl Sagan (1936-1996), antes de falecer em 1996. O Cientista traz explicações e reflexões acerca de vários assuntos que inclui desde ciência, religião,  o cosmo, aborto, e fala sobre o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio na terra, faz duras críticas aos conservadores e nos mostra soluções e caminhos para conservar e proteger o planeta Terra. 

Ele fala sobre o aborto e traz uma excelente explicação com ilustrações e com base científica acerca dos fetos e os movimentos Pró-escolha e Pró-vida, e faz novamente duras críticas a sociedade conservadora e suas vaidades, e enaltece o empoderamento feminino das mulheres na sociedade. E mostra alguns de seus artigos que foram escritos científicos para a revista Parade e faz uma reflexão esplêndida sobre o século XX e os principais acontecimentos que ocorreram na história da humanidade, desde o surgimento dos planetas, os feitos da humanidade e suas catástro…

(Resenha) Hannibal - A Origem do Mal

Em Hannibal - A Origem do Mal, o autor nos leva para conhecer o passado do canibal mais aterrorizante (e admirado também, é claro.) dessa saga de livros best sellers do Thomas Harris.
A história do Dr. Lecter se passa durante a segunda guerra mundial na região dos Balcãs, ainda garoto aos treze anos de idade. A família Lecter vive os horrores da guerra com a invasão do exército nazista nos Balcãs, seu pai, o conde Lecter resolve fugir com a família, mas infelizmente eles são mortos pelas rajadas de bombas que são lançadas pelos caças nazistas. O garoto Hannibal e sua pequena irmã Mischa, sobrevivem, e juntos vivem os horrores da guerra. Só que os dois são capturados por caçadores canibais, disfarçados de agentes da cruz vermelha, que vivem pelas redondezas saqueando as casas abandonadas e matando os fugitivos.


Famintos, por falta de alimentos, os captores cobiçam devorar a pequena mischa, e Hannibal tenta de todas as maneiras proteger a irmã, esforço em vão, eles matam-na a golpes de ma…

Resenha do Livro Como Eu Era Antes de Você ( Jojo Moyes )

Como eu era antes de você, escrito pela Inglesa jojo moyes é o tipo de livro que faz o leitor se emocionar, rir e também se chorar. Não me fez chorar,mas fiquei entristecida ao ler sobre o fim que o personagem,Will Traynor, deu à própria vida, me encantei por todos personagens que passam uma verdade absurda nos diálogos e nos acontecimentos em torno da estória. O livro é sensacional e faz com que o leitor se imagine em cada cenário descrito no livro. Eu amei.
Louisa Clark, é demitida do emprego pelo patrão Frank, que fecha o café onde trabalha, e Lou se vê  aflita por ter acontecido isso ,sendo que ela ajuda sua família em casa com as despesas do lar. Lou é jovem, alegre e tagarela, e acaba encontrando um trabalho de cuidadora de um jovem tetraplégico, Will Traynor Rico e muito mal humorado- que sofreu um acidente no qual a moto o atropelou e deixou ele tetraplègico. È contratada pela Mãe de Will,CamillaTraynor, para pôder convencer ele a desistir da eutanásia. Lou aceita o trabalho,e…