Pular para o conteúdo principal

O Corcunda de Notre Dame, de Victor Hugo



O Corcunda de Notre Dame, (1830), é aquele tipo ( maravilhoso!)  de livro que ao ser lido,  deixa suas marcas profundas em nossos pensamentos, martela na cabeça os questionamentos acerca da época em que se passa a história, nos envolve de um romantismo que gira em torno dos personagens, e predomina uma verdade absurda nos diálogos, o perfil de cada personagem é  tão profundo e óbvio.E há o medo que impressiona o leitor - A Narrativa acerca das leis aplicadas na idade média, cheia de horrores, que o próprio autor Victor Hugo nos mostra em sua narrativa de grande escritor. Em seguida nos apresenta uma narrativa crítica acerca das inúmeras destruições que a catedral sofreu ao longo dos séculos, e nos mostra a arquitetura e beleza da catedral de Notre Dame, e deixa uma espécie de recado para a época, da importância em manter a catedral intacta com sua bela arte e arquitetura durante a sociedade da época, com seus burgos, feudos e Reis.


Dom Claude Frollo, Padre e Arquidiácono da catedral de Notre Dame, é um sujeito frio de uma polidez petrifica. Tem um irmão mais novo, o estudante e libertino Jehan du Frollo, um jovem que vive uma vida de orgias e libertinagens nas tavernas de Paris. Frollo adota o corcunda como filho mesmo com toda deformidade de sua aparência, julga a adoção uma espécie de expiação pelos pecados de seu irmão, e sobretudo a bondade da caridade. Frollo se apaixona pela dançarina e cigana Esmeralda que faz suas apresentações na praça de frente para catedral, ao lado de sua fiel cabra, Djali. Esmeralda ama o capitão dos arqueiros, Phoebus, que ama na verdade sua noiva, flor de lis, e sente apenas desejo por esmeralda. Quasimodo ama esmeralda, mas é de um jeito desinteressado, mas profundo, tão profundo que ao morrer enforcada a cigana na praça de gréve, ele aparece no final do livro, abraçado - sua carcaça disforme - ao lado dos restos mortais de Esmeralda. Frollo leva adiante seu plano de sentenciar a cigana ao cadafalso, quando ela o renega e não aceita ser sua, o padre surta, ele morre quando Quasímodo o vê sorrindo do alto da catedral a morte de Esmeralda, e o arremeça com as mãos e o padre se estatela no chão. Incrível, e agoniante esse capítulo, da morte do arquidiacono, e de Esmeralda. O capitão casa com a flor de lis, Pierre gringoire ( poeta que no início do livro casa com Esmeralda, após ela salva-lo das mãos de seu irmão que o mataria enforcado) foge com a cabra Djali, após entregar a cigana nas mãos do padre.


Há muitos capítulos no livro, com vários outros acontecimentos em torno dos personagens, mas o ponto central do romance é o que foi resenhado aqui. Um dos capítulos que aprecio nessa obra, é a cena em que Quasimodo salva esmeralda das mãos do carrasco e grita a palavra 'Asilo', a outra é o capítulo " Arenito e cristal", não vou comentar aqui leiam, é lindo. E a outra cena que achei muito lindo, é o cuidado e respeito que ele tem por ela, apesar de que esmeralda sente repulsa pela feiura do corcunda, apenas sente gratidão por ele. Achei uma pena ela não perceber o quanto ele a amava, e a outra cena extraordinária e digna do romance, é quando ele cantarola nos altos da catedral. Genial e tocante. Recomendadíssimo.



Livro: O Corcunda de Notre Dame

Ano de lançamento: 1830

Autor: Victor Hugo

Editora: Zahar

Gênero:Romance/Drama

Número de Páginas: 556

Avaliação: Excelente 

Fotos: Retiradas do google imagens

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bilhões e Bilhões - Reflexões sobre a vida e a Morte na virada do Milênio, de Carl Sagan

Bilhões e bilhões foi o último livro escrito pelo Cosmológo e Cientista Carl Sagan (1936-1996), antes de falecer em 1996. O Cientista traz explicações e reflexões acerca de vários assuntos que inclui desde ciência, religião,  o cosmo, aborto, e fala sobre o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio na terra, faz duras críticas aos conservadores e nos mostra soluções e caminhos para conservar e proteger o planeta Terra. 

Ele fala sobre o aborto e traz uma excelente explicação com ilustrações e com base científica acerca dos fetos e os movimentos Pró-escolha e Pró-vida, e faz novamente duras críticas a sociedade conservadora e suas vaidades, e enaltece o empoderamento feminino das mulheres na sociedade. E mostra alguns de seus artigos que foram escritos científicos para a revista Parade e faz uma reflexão esplêndida sobre o século XX e os principais acontecimentos que ocorreram na história da humanidade, desde o surgimento dos planetas, os feitos da humanidade e suas catástro…

(Resenha) Hannibal - A Origem do Mal

Em Hannibal - A Origem do Mal, o autor nos leva para conhecer o passado do canibal mais aterrorizante (e admirado também, é claro.) dessa saga de livros best sellers do Thomas Harris.
A história do Dr. Lecter se passa durante a segunda guerra mundial na região dos Balcãs, ainda garoto aos treze anos de idade. A família Lecter vive os horrores da guerra com a invasão do exército nazista nos Balcãs, seu pai, o conde Lecter resolve fugir com a família, mas infelizmente eles são mortos pelas rajadas de bombas que são lançadas pelos caças nazistas. O garoto Hannibal e sua pequena irmã Mischa, sobrevivem, e juntos vivem os horrores da guerra. Só que os dois são capturados por caçadores canibais, disfarçados de agentes da cruz vermelha, que vivem pelas redondezas saqueando as casas abandonadas e matando os fugitivos.


Famintos, por falta de alimentos, os captores cobiçam devorar a pequena mischa, e Hannibal tenta de todas as maneiras proteger a irmã, esforço em vão, eles matam-na a golpes de ma…

Resenha do Livro Como Eu Era Antes de Você ( Jojo Moyes )

Como eu era antes de você, escrito pela Inglesa jojo moyes é o tipo de livro que faz o leitor se emocionar, rir e também se chorar. Não me fez chorar,mas fiquei entristecida ao ler sobre o fim que o personagem,Will Traynor, deu à própria vida, me encantei por todos personagens que passam uma verdade absurda nos diálogos e nos acontecimentos em torno da estória. O livro é sensacional e faz com que o leitor se imagine em cada cenário descrito no livro. Eu amei.
Louisa Clark, é demitida do emprego pelo patrão Frank, que fecha o café onde trabalha, e Lou se vê  aflita por ter acontecido isso ,sendo que ela ajuda sua família em casa com as despesas do lar. Lou é jovem, alegre e tagarela, e acaba encontrando um trabalho de cuidadora de um jovem tetraplégico, Will Traynor Rico e muito mal humorado- que sofreu um acidente no qual a moto o atropelou e deixou ele tetraplègico. È contratada pela Mãe de Will,CamillaTraynor, para pôder convencer ele a desistir da eutanásia. Lou aceita o trabalho,e…