Pular para o conteúdo principal

O CONDE DE MONTE CRISTO (ALEXANDRE DUMAS) RESENHA -1


O Conde de Monte Cristo (1844), continua Imponente no topo das célebres obras de Literatura Clássica Européia do século XVIII, e nos dias atuais não é diferente, pois a obra ainda é apreciada entre os leitores que valorizam um belo cânone clássico. Escrito pelo Romancista Francês Alexandre Dumas (1802-1870) que narra a vingança do personagem principal contra seus inimigos opressores, e nos mostra a França do século XVIII, o capitalismo a pleno vapor na Europa, o cenário político da época marcado por conquistas monárquicas e Imperiais, e a predominância da Revoluçao Industrial estendida por toda Europa; e além disso, nos conduz através das páginas em uma viagem cultural por toda Europa Clássica evidenciada pela riqueza,  o luxo e a extravagância dos nobres da época.  Dumas é o mestre da narrativa, não foi à toa que passei cinco horas lendo o primeiro volume, e sentindo-me completamente absorvida pela História, ainda não acabei todo o livro, por isso resolvi fazer três resenhas a cada volume lido por mim, e posto a primeira que fiz, contando desde a prisão do Dantés até sua fuga das masmorras. Essa edição publicada pela editora Zahar em formato Pdf/ebook, e disponível em sites gratuitos, é fiel a tradução do original da obra, as ilustrações estão perfeitas, e a capa moderna. No livro vem incluído um Prefácio escrito pelo próprio Dumas, e um belo texto de apresentação feito por editores. Como Leitora assídua e apaixonada por Literatura, O Conde de Monte Cristo veio para alimentar cada vez mais a intensa vontade de ler sempre Cânones Clássicos.

Edmond Dantés, é um jovem marujo, Honesto, ingênuo e apaixonado por sua noiva, a catalã Mercedes, e também sente  afeto e profundo respeito por seu pai, o velho Dantés como é chamado no livro. Infelizmente o jovem marujo é vitima de uma conspiração de inveja, toda felicidade parecia sorrir para Dantés, e o motivo é que, o seu Patrão o Sr. Morrel, Armador e Proprietário da casa Morrel & Filho, iria lhe dar o cargo de capitão do pharaon, porque Dantés para ele era um rapaz honesto e honrado( o Sr. Morrel gosta tanto do jovem, que no instante em que ele é detido não hesita em ajudá-lo, percorre toda marselha em busca de ajuda para libertar o amigo, mas é em vão). A embarcação pharaon é onde Dantés trabalha como marujo, e cujo capitão dele morrera, e por isso o Sr. Morrel iria lhe fazer o capitão.O Sr. Danglers é o contador financeiro do pharaon, e este odeia Dantés por pura inveja, é ambicioso, e arquiteta um plano contra Dantés, ao lado de Ferdinand, que é apaixonado por Mercedes,  mas ela o vê apenas como irmão porque seu coração é do jovem marujo. E para se vingar de Dantés,Danglers arma seu plano.
Antes de aportar em marselha, Dantés toma conta do timão da embarcação do pharaon após o capitão falecer, e a pedido deste, Dantés desembarca na ilha de Elba, e recebe de um Marechal (cujo nome esqueci) uma carta endereçada ao Sr. Northier de Villefort em Paris, ingênuo o rapaz traz a carta decidido a levar até Paris, e aporta em Marselha, Danglers, frio e maquiavélico, vê tudo, e escreve de próprio punho com a mão contrária, uma denúncia as autoridades acusando Dantés de ser um agente bonapartista, amassa o papel e joga no canto, e Ferdinand vê tudo e pega o papel e leva ás autoridades, e ele odioso contra Dantés, possui uma carta com tal informação. Dantes é preso durante seu noivado com Mercedes, na frente de seu pai, amigos e do sr. Morrel, acusado de tal denúncia. Mercedes e o velho Dantés amargam sofrimento com a prisão do marujo. Inocente, Dantés é levado para os interrogatórios diante do procurador substituto do rei, o magistrado e jovem Sr. Villefort, que ao ler o conteúdo da carta e o nome da pessoa a quem estava endereçada, se vê tomado de terror  e faz Dantés jurar que nunca dirá o nome que estava escrito na carta. Ele jura. A tal carta estava endereçada ao pai de Villefort, um girondino, e agente bonapartista, o Sr. Northier de Villefort, essa carta comprometiria Villefort e o seu pai de traidores do reino, pois o seu conteúdo dizia que Napoleão avançava com suas tropas em direção a França para tirar do trono o Rei Luís XVIII, e o Sr. Northier apoiava o retorno de Napoleão ao trono da França. Então, Villefort condena Dantés a prisão do castelo de If. Encarcerado nas masmorras, o jovem fica à beira da loucura, mas ao conhecer o velho Abade Faria, suas esperanças de fugir são reanimadas, o velho é um sábio, e ajuda Dantés a entender os motivos de ter sido preso, e ele se indigna e promete se vingar de seus inimigos. O Abade Faria ensina Dantés a ser um homem, culto , inteligente e perspicaz,  e antes de morrer na prisão o Abade confessa seu precioso segredo para Dantés: um tesouro enterrado na ilha de monte cristo, que um dia pertenceu a família Spada, e torna Dantés seu herdeiro e lhe entrega um mapa contendo as coordenadas do tesouro. O velho morre. E Dantés jura vingança sobre seus inimigos, e usará o tesouro para isso. Ele foge da prisão, se passando por morto, no lugar do Abade, então ele é arremessado pelos guardas em um saco ao mar, e consegue se livrar de uma prisão de catorze anos, e nada até uma ilha e é encontrado e resgatado por contrabandistas, que o ajudam. Entretanto, ele põe seu plano em ação e parte rumo à ilha de Monte Cristo e finalmente encontra o tão sonhado tesouro do Abade, Dantés explode de alegria ao ver todo o esplendor do tesouro em sua frente, e se torna o Conde de Monte Cristo. Bem, o que acabei de resenhar, de fato é os acontecimentos Principais da história, porque ao longo do primeiro volume do livro, ocorre várias outras situações com os personagens. Por isso sempre indico aos leitores, que é muito melhor ler o livro com afinco, do que ler spoillers ou resenhas, porque , vamos combinar que a leitura nos proporciona um melhor entendimento da obra, e o Dumas detém todo o poder de sua escrita para magnetizar e entreter o leitor. Aplausos à Dumas. Sempre.



Livro: O Conde de Monte Cristo ( Le comté de Monte Cristo, 1830)

Autor: Alexandre Dumas

Editora: Zahar/ versão Pdf/Ebook

Número de Páginas: 1.277

Tradução: André Telles eRodrigo Lacerda

Gênero literário: Romance/ficção

Foto: Zahar/Reprodução

Avaliação: Excelente

Link para dowload: http://lelivros.online/book/download-o-conde-de-monte-cristo-alexandre-dumas-em-epub-mobi-e-pdf/?COLLCC=2729723549&

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bilhões e Bilhões - Reflexões sobre a vida e a Morte na virada do Milênio, de Carl Sagan

Bilhões e bilhões foi o último livro escrito pelo Cosmológo e Cientista Carl Sagan (1936-1996), antes de falecer em 1996. O Cientista traz explicações e reflexões acerca de vários assuntos que inclui desde ciência, religião,  o cosmo, aborto, e fala sobre o aquecimento global e a destruição da camada de ozônio na terra, faz duras críticas aos conservadores e nos mostra soluções e caminhos para conservar e proteger o planeta Terra. 

Ele fala sobre o aborto e traz uma excelente explicação com ilustrações e com base científica acerca dos fetos e os movimentos Pró-escolha e Pró-vida, e faz novamente duras críticas a sociedade conservadora e suas vaidades, e enaltece o empoderamento feminino das mulheres na sociedade. E mostra alguns de seus artigos que foram escritos científicos para a revista Parade e faz uma reflexão esplêndida sobre o século XX e os principais acontecimentos que ocorreram na história da humanidade, desde o surgimento dos planetas, os feitos da humanidade e suas catástro…

(Resenha) Hannibal - A Origem do Mal

Em Hannibal - A Origem do Mal, o autor nos leva para conhecer o passado do canibal mais aterrorizante (e admirado também, é claro.) dessa saga de livros best sellers do Thomas Harris.
A história do Dr. Lecter se passa durante a segunda guerra mundial na região dos Balcãs, ainda garoto aos treze anos de idade. A família Lecter vive os horrores da guerra com a invasão do exército nazista nos Balcãs, seu pai, o conde Lecter resolve fugir com a família, mas infelizmente eles são mortos pelas rajadas de bombas que são lançadas pelos caças nazistas. O garoto Hannibal e sua pequena irmã Mischa, sobrevivem, e juntos vivem os horrores da guerra. Só que os dois são capturados por caçadores canibais, disfarçados de agentes da cruz vermelha, que vivem pelas redondezas saqueando as casas abandonadas e matando os fugitivos.


Famintos, por falta de alimentos, os captores cobiçam devorar a pequena mischa, e Hannibal tenta de todas as maneiras proteger a irmã, esforço em vão, eles matam-na a golpes de ma…

Resenha do Livro Como Eu Era Antes de Você ( Jojo Moyes )

Como eu era antes de você, escrito pela Inglesa jojo moyes é o tipo de livro que faz o leitor se emocionar, rir e também se chorar. Não me fez chorar,mas fiquei entristecida ao ler sobre o fim que o personagem,Will Traynor, deu à própria vida, me encantei por todos personagens que passam uma verdade absurda nos diálogos e nos acontecimentos em torno da estória. O livro é sensacional e faz com que o leitor se imagine em cada cenário descrito no livro. Eu amei.
Louisa Clark, é demitida do emprego pelo patrão Frank, que fecha o café onde trabalha, e Lou se vê  aflita por ter acontecido isso ,sendo que ela ajuda sua família em casa com as despesas do lar. Lou é jovem, alegre e tagarela, e acaba encontrando um trabalho de cuidadora de um jovem tetraplégico, Will Traynor Rico e muito mal humorado- que sofreu um acidente no qual a moto o atropelou e deixou ele tetraplègico. È contratada pela Mãe de Will,CamillaTraynor, para pôder convencer ele a desistir da eutanásia. Lou aceita o trabalho,e…